Bicho-preguiça é capturado quando tentava atravessar a BR-116 em Muriaé.

Sala dos professores de escola de Goianá MG é incendiada.
abril 29, 2022
Condutor sai ileso após veículo capotar entre SJN e Rochedo de Minas.
abril 30, 2022
Exibir tudo

Bicho-preguiça é capturado quando tentava atravessar a BR-116 em Muriaé.

Na tarde da última  quinta-feira 28de abril, um bicho-preguiça foi capturado por populares no meio da pista da BR-116, no trevo do bairro Gaspar em Muriaé MG. De acordo com informações do Site do Silvam Alves, através do internauta Mateus Pimentel, o animal apareceu na rodovia e uma motociclista ao vê-lo, parou o trânsito e o pegou, levando-o para uma oficina, onde ali ele estava seguro.

continua após a publicidade

O internauta acionou a Polícia Militar Ambiental e Corpo de Bombeiros e a preguiça foi recolhida e deixada em local seguro na região do Horto Florestal de Muriaé.

bicho-preguiça ou, simplesmente, preguiça é um animal pertencente ao filo Chordata, classe Mammalia, ordem Pilosa, a mesma do tamanduá, e está distribuído em duas famílias, a Bradypodidae e a Megalonychidae. As espécies de bicho-preguiça estão divididas em dois gêneros que se diferenciam basicamente pela quantidade de dedos.

Espécies do gênero Choloepus apresentam dois dedos em cada mão, e espécies do gênero Bradypus apresentam três dedos em cada mão. Atualmente são conhecidas seis espécies de bicho-preguiça: a preguiça-comum (Bradypus variegatus), preguiça-de-coleira (Bradypus torquatus), preguiça-bentinho (Bradypus tridactylus), preguiça-anã-de-três-dedos (Bradypus pygmaeus), preguiça-de-hoffmann (Choloepus hoffmanni) e preguiça-real (Choloepus didactylus).

bicho-preguiça é um animal que habita desde a América Central até a América do Sul. Dentre suas principais características, podemos citar:

  • corpo coberto por longo pelo, o que lhes garante proteção ajudando na camuflagem entre as árvores;
  • apresentam articulações adicionais em suas vértebras, característica da superordem Xenarthra, à qual elas pertencem;
  • as preguiças do gênero Bradypus apresentam oito ou nove vértebras cervicais, o que lhes permite girar a cabeça em até 270º. Os demais mamíferos apresentam cerca de sete vértebras cervicais;
  • apresentam hábito arborícola;
  • são animais solitários;
  • alimentam-se principalmente de folhas;
  • apresentam baixa taxa metabólica;
  • apresentam baixa temperatura corporal. Elas podem ser observadas, muitas vezes, tomando banho de Sol para aumentar a temperatura corporal;
  • são animais que apresentam movimentos lentos, sendo essa uma de suas principais características. O fato de apresentarem movimentos lentos também contribui para que esses animais fiquem muito suscetíveis tanto à predação quanto às ações antrópicas.

 

Fonte : Silvan Alves e Biologia-Net

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!