Polícia frustra organização criminosa com envolvidos na segurança pública e sistema bancário

Homem assalta joalheria em Miraí e foge com comparsa em uma motocicleta.
abril 27, 2022
Polícia Militar apreende arma de fogo em Bicas.
abril 27, 2022
Exibir tudo

Polícia frustra organização criminosa com envolvidos na segurança pública e sistema bancário

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), deflagrou uma operação, “Castelo de Areia”, em Muriaé, com o objetivo de cumprir 15 mandados de prisão e 17 mandados de busca e apreensão. As prisões foram realizadas em Muriaé e Rio das Ostras.Durante as investigações ficou evidenciado que uma organização criminosa, que atuava no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, possuía tentáculos dentro da segurança pública e no sistema bancário, o que facilitava as ações criminosas que ajudavam a financiar e apoiar tal organização. Entre os investigados estão um funcionário do Banco do Brasil, um ex-agente penitenciário e 02 pessoas que já se encontravam presas no Presídio de Muriaé.

continua após a publicidade

Durante as investigações, foi sequestrado um imóvel (chácara) avaliado em 1.000.000,00 e apreendido carros de luxo, no valor de 340.000,00. A operação contou com o apoio de 50 policiais civis e aeronave da corporação. Foram efetivadas 12 prisões Informações complementares serão repassadas à imprensa durante coletiva de imprensa nesta quarta.

 

Fonte e fotos: ASCOM PCMG

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!