Pagamento do Auxílio Gás começa no dia 18; acesse o calendário.

Motociclista inabilitado morre após bater em carro entre Leopoldina e Além Paraíba
janeiro 16, 2022
Irmãos são presos em Bicas após desacato á policiais militares na Praça São José.
janeiro 16, 2022
Exibir tudo

Pagamento do Auxílio Gás começa no dia 18; acesse o calendário.

O pagamento do auxílio gás começa no próximo dia 18 para famílias que fazem parte do Auxílio Brasil. O calendário de janeiro foi divulgado nesta quinta-feira (13) pela Caixa Econômica Federal. O benefício é no valor de R$ 52. Ao todo, cerca de 5,5 milhões receberão o benefício. Assim, o pagamento será feito nas mesmas datas das parcelas do Auxílio.

O pagamento do auxílio gás começa para os beneficiários com final de número de inscrição social (NIS) 1 e vai até 31 de janeiro, com o pagamento para quem tem NIS terminado em 0.

continua após a publicidade

O auxílio gás foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em novembro. Trata-se de um auxílio que ajuda famílias de baixa renda a comprar o botijão de gás de 13 kg.

Veja o calendário de janeiro:

Calendário do vale-gás em janeiro — Foto: Economia g1

Como será o pagamento

 

Os cartões e senhas utilizados para o saque Auxílio Brasil poderão ser utilizados para o recebimento do auxílio gás. O saque poderá ser feito nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e terminais de autoatendimento.

O benefício poderá ainda ser liberado em poupança social digital da Caixa Tem.

O beneficiário terá 120 dias para fazer o saque a partir da data de disponibilização dos valores.

O beneficiário pode consultar a disponibilidade do benefício pelos aplicativos do Auxílio Brasil, pelo Caixa Tem ou por meio do telefone 111.

Quem tem direito ao benefício

 

  • Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 606);
  • Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o Benefício de Prestação Continuada da assistência social, o BPC, que prevê um salário mínimo mensal (R$ 1.212) à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem a família.
  • A lei estabelece que o auxílio será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”.

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!