Apesar da previsão de mais chuva em Cataguases, águas do rio Pomba começam a baixar

Creches municipais de SJN retornam ao funcionamento nesta segunda-feira
janeiro 10, 2022
Barranco desaba sobre bar e mata jovem em Ervália MG.
janeiro 10, 2022
Exibir tudo

Apesar da previsão de mais chuva em Cataguases, águas do rio Pomba começam a baixar

Esta segunda-feira, 10 de janeiro, amanheceu com uma redução significativa do rio Pomba. As áreas alagadas permanecem, como mostra a foto acima, da ponte que dá acesso à Vila Reis, mas vão sendo reduzidas lentamente (veja fotos comparativas abaixo).

Apesar da boa notícia, ainda é cedo para prever o fim da enchente na cidade. Principalmente porque a previsão do tempo é de chuva até quarta-feira, 12. O próprio Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia – divulgou em seus “avisos meteorológicos – grande perigo de chuvas intensas” em Minas Gerais, inclusive, Zona da Mata.

continua após a publicidade

A prefeitura de Cataguases disponibilizou escolas municipais para receber a população atingida pela chuva que ocasionou mais uma enchente naquele município neste domingo, 9 de janeiro. O Executivo fez um apelo para que as pessoas só saiam de casa em caso de necessidade.

O prefeito José Henriques, também na tarde do domingo, recebeu o Pelotão de Emergência Ambiental e Desastre (Pemad) do Corpo de Bombeiros, que veio de Juiz de Fora para reforçar a atuação no enfrentamento às consequências da chuva em Cataguases. A equipe conta com um bote motorizado e equipamentos de segurança.

Nesta manhã de segunda em Cataguases, o prefeito José Henriques se reuniu com secretários para avaliar a situação da enchente no município e alinhar ações. Em sua avaliação toda a equipe está empenhada no apoio à população que está desalojada e cumprindo o Plano de Contingência. “Estamos atentos a deslizamentos de terra e encostas e  de olho na previsão do tempo para que possamos definir ações futuras”, disse. Ele aproveitou para lembrar que é importante ficar atento ao volume de chuvas nas cabeceiras do rio Pomba, que é o que determina o aumento do nível do rio em Cataguases.

segunda-feira                                             domingo

Sobre isso, um dos fatores mais relevantes é a PCH Ivan Botelho III, que fica no município de Astolfo Dutra. Ela regula a vazão do rio Pomba e isso influencia diretamente o seu nível, afetando não só Astolfo Dutra, como também Dona Euzébia e Cataguases. O Site vem acompanhando – desde o último sábado – a vazão daquela PCH por meio de boletins divulgados por ela, portanto são dados oficiais. No boletim das 10 horas, a vazão era de 310 metros cúbicos por segundo, mantendo a tendência de redução que começou às 3 horas de hoje quando foi registrada a maior vazão: 395 metros cúbicos por segundo.  Caso não volte a chover forte na região, o rio Pomba vai continuar abaixando nesta segunda-feira.

Só para se ter uma ideia da gravidade dessa previsão nas últimas vinte e quatro horas choveu sobre Cataguases 89,6 milímetros.

Fonte : Site do Marcelo Lopes

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!