Idosa diz ter sido estuprada por técnico de internet em Matias Barbosa.

SJN: Câmara Municipal empossa nova Mesa Diretora para 2022 e entra em recesso.
dezembro 21, 2021
Motociclista é preso com pistola municiada em Senador Firmino.
dezembro 21, 2021
Exibir tudo

Idosa diz ter sido estuprada por técnico de internet em Matias Barbosa.

Uma idosa, de 63 anos, denunciou ter sido estuprada dentro de casa por um funcionário, de idade não informada, que presta serviços técnicos de internet em Matias Barbosa.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a idosa procurou a policlínica do município na segunda-feira (20) onde informou para a recepcionista da unidade hospitalar que no dia 15 de dezembro foi até a sede da empresa no município para solicitar uma visita técnica porque estava com problemas no aparelho de internet dela.

continua após a publicidade

No dia seguinte, 16 de dezembro, um funcionário foi até a casa dela para realizar o reparo. A idosa contou que logo na entrada do prédio ele começou a tocar as próprias partes íntimas e que quando entraram na casa perguntou onde estava o aparelho e ela respondeu que ficava no quarto.

Chegando ao cômodo, a idosa relatou que o funcionário começou a se masturbar e pediu para passar a mão no corpo dela, o que foi negado.

Diante da insistência, a idosa gritou por socorro, momento em que ele teria tampado a boca da vítima com a mão e a arrastado para o banheiro, onde a agarrou e a mandou fazer sexo oral nele. Tempo depois, o indivíduo levou a idosa para o sofá, onde ela denunciou que ocorreu a conjunção carnal.

Quando foi à unidade de saúde, a idosa precisou ser transferida para o Hospital de Pronto Socorro Dr. Mozart Teixeira (HPS) em Juiz de Fora, onde passou por exames, que deram positivo para a conjunção carnal.

Conforme a PM, na manhã desta terça-feira (21) militares saíram em busca do funcionário, mas até a última atualização desta reportagem ainda não havia sido encontrado.

Empresa se posiciona:

 

O g1 entrou em contato com a empresa para saber se a pessoa que foi até o local era da própria empresa ou de uma empresa terceirizada e solicitar um posicionamento e foi informado que a empresa irá prestar toda assistência à vítima e que as medidas disciplinares cabíveis já foram tomadas.

“A empresa informa que irá prestar toda a assistência à vítima e que as medidas disciplinares cabíveis já foram tomadas. A empresa repudia veementemente qualquer tipo de violência ou comportamento inadequado. Esclarece, ainda, que está à disposição das autoridades competentes”, citou em nota.

Fonte : G1 Zona da Mata

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!