SJN: falta de médicos ainda atormenta população no Pronto Socorro.

Posto bancário e mercado é alvo de tentativa de assalto em Senador Cortes.
maio 19, 2021
Polícia Civil de SP apreende 51.600 cuecas falsificadas oriundas de Mar de Espanha.
maio 20, 2021
Exibir tudo

SJN: falta de médicos ainda atormenta população no Pronto Socorro.

Nesta quarta-feira 19/05, a reportagem do Portal RKF após várias vezes ser acionada, compareceu ao PAM- Pronto Atendimento Médico de São João Nepomuceno. No local haviam muitas pessoas aguardando atendimento e apenas uma médica para atender tanto a ala de pessoas suspeitas de covid-19 e ala de urgência/emergência.

Pessoas que chegaram ao local por volta do meio-dia, incluindo idosos e crianças, ainda encontravam sem atendimento até por volta de 04 horas da tarde. Era notável que as pessoas de uma ala á outra se encontravam devido ao cansaço de ficarem sentadas ou em pé aguardando.

continua após a publicidade

 

Uma das reclamações dos profissionais de Saúde é que as pessoas ao invés de procurarem seus postos de atendimento do Programa Saúde da Família em seus devidos bairros, se deslocam diretamente para o Pronto Socorro do Hospital São João causando assim aglomeração e aumentando a demanda de atendimento. De outro lado, várias pessoas relatavam que nos postos de Saúde também estão faltando médicos, por isso recorrem ao PAM.

A médica que estava de plantão se desdobrava para atender os suspeitos de covid-19 e as demais pessoas. Constatamos no espaço de tempo que a reportagem permaneceu no local, uma criança que havia introduzido uma pedra em uma narina (que teve que ser atendida de forma prioritária), uma homem que estava com algum objeto estranho também em uma das vistas, uma gestante que precisava de atendimento emergencial dentre outros casos.

O jornalista Kadu Fontana entrou em contato com o provedor do Hospital São João, Sebastião Sérgio ( Paraná) Rodrigues  que explicou que está encontrando dificuldades para a contratação de médicos. Pela pactuação com a REDE, o PAM tem que manter dois médicos por 24 horas. O salário pago aos profissionais por 12 horas é de R$ 900,00 ou seja R$ 1.800,00 por dia , enquanto Juiz de Fora remunera R$ 2.000,00 por dia de trabalho. De acordo com o provedor, os profissionais pedem equiparação com Juiz de Fora apesar de já terem recebido uma aumento recentemente.

Outro problema é o custeio de tudo isto. Reuniões com o Poder Executivo já foram realizadas sem uma solução para o caso. O hospital alega que não tem condições de custear sozinho o salário de dois médicos.

O jornalista Kadu Fontana transmitiu ao vivo a situação através do Facebook RKF, o que chamou a atenção do presidente da Câmara de Municipal Léo da Mercearia que acionou o secretário de Saúde do município Edison de Souza e estes foram até o local.

O secretário comentou na publicação da transmissão: ” Boa noite, estamos agora com 2(duas) médicas atendendo no Pronto Socorro Dra. Fernanda e Dra. Jéssica. Muita dificuldade de conseguir médicos para São João tanto para Pronto Socorro quanto para Postos de Saúde nos bairros. Estamos tendo um agravante pois algumas pessoas descontentes com atendimento estão agredindo verbalmente e fisicamente as médicas estão ficando com medo de vir para nossa cidade.

continua após a publicidade

Já o presidente da Câmara se pronunciou também: Após assistir uma denuncia no Portal RKF de um possível caos no pronto socorro, me desloquei para lá onde constatei apenas uma médica fazendo atendimento de todo o plantão que incluía ala do covid, urgência e emergência, e pacientes que poderiam ser atendidas nos PSF. Imediatamente, entrei em contato com o secretário de Saúde para comparecer no local, para ter ciência dos fatos onde medidas têm que ser tomadas o mais rápido possível nos postos para desafogar o Pronto Socorro. Até a minha presença no local, a médica já avia atendido 65 pacientes e eu entendo que é desumano essa situação continuar.”

O Portal RKF apurou que, caso não haja uma intervenção imediata para solução deste problema, eventuais falhas de escala poderão ocorrer e a situação se repetir ainda nesta semana.

Foto: Portal RKF

Reportagem Kadu Fontana

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *