Leão ruge e Recreio conquista vantagem contra Ideal na finalíssima da “Champions Lec”.

Carga com 500 botijões de gás sem nota fiscal foi apreendida em Rio Pomba.
julho 15, 2019
Prefeitura de Leopoldina registra BO após encontrar açúcar em óleo de motor de ônibus escolar.
julho 16, 2019
Exibir tudo

Leão ruge e Recreio conquista vantagem contra Ideal na finalíssima da “Champions Lec”.

Após um jogo tenso , com muita transpiração e pouca inspiração, com as duas equipes taticamente armadas para esperar um erro do adversário e vencer a partida , o Recreio, com um gol de Marlon pós os 40 minutos da etapa final , venceu o Ideal em  casa e deu um grande passo para o campeonato inédito da Copa dos Campeões Regionais a ” Champions LEC” organizada pela Liga Esportiva de Cataguases .Na primeira etapa a maior chance foi de Vitinho da Cobra Azul , mas a bola parou nas mãos do paredão Douglas. No final Luiz goleiro do Recreio também apareceu e segurou o 0x0. Na segunda etapa Edu teve a chance de abrir o marcador para o Ideal mas o tiro saiu cruzado e tirou tinta da trave direita de Douglas. Quando tudo levava a crer que a partida terminaria empatada, Marlon após uma assistência de cabeça ou linha de passe na área da cobra mandou um balaço que venceu o goleirão Luiz e decretou aos 42 minutos a vitória do Leão.

Um grande público assistiu a partida que foi apitada pelo árbitro da Federação Mineira de Futebol,  Roney Alves auxiliado por Augusto Magno e Celso Luiz. Auxiliares bem na partida e árbitro também sem falhas notáveis, apenas nitidamente conduzindo a partida a seu modo ou seja , “segurando o jogo” em algumas oportunidades devido á rivalidade das equipes.

continua após a publicidade

Duelo final no próximo domingo no Estádio Alcides Campos ,  “Vila” onde a cobra costuma fumar  e a ” Massa Azul” é o 12º jogador do Ideal . Pro Recreio basta um empate , para o Ideal é vencer no tempo normal e depois nas penalidades.

A Partida foi transmitida pelo facebooK RKF – Show de Bola AO VIVO com narração de Kadu Fontana e comentários de Jorge Antônio e Kito Pereira .

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *