Policiais Militares ajudam a salvar vida de criança de 1 ano e 2 meses engasgada em Guiricema MG.

Segundo caso de Chikungunya é confirmado na cidade de Cataguases.
junho 5, 2019
Populares reclamam que monumento de Heleno de Freitas está servindo de “banheiro público” em S.J.Nepomuceno.
junho 6, 2019
Exibir tudo

Policiais Militares ajudam a salvar vida de criança de 1 ano e 2 meses engasgada em Guiricema MG.

A ação de dois policiais militares ajudou a salvar a vida de uma criança engasgada em Guiricema, na Zona da Mata. O fato ocorreu na noite de terça-feira (4) e foi divulgado nesta quinta (6) pelo comando do 21º Batalhão da PM, em Ubá, que parabenizou os militares pela atitude.

De acordo com a PM, durante patrulhamento na Rua Ipiranga, no Bairro Taquaruçu, os militares se depararam com um motociclista e com a esposa segurando o filho de 1 ano e 2 meses desmaiado no colo. O casal pediu socorro porque a criança engasgou e eles não sabiam o que fazer.O Sargento Evaldo Dias Moreira e o  Cabo Leonardo Marcolino Ferreira, realizaram o atendimento. “Eles viram a viatura como a única solução para salvar a criança, que estava desmaiada, sem nenhuma reação”, contou.

Os policiais militares aplicaram, de forma contínua, as técnicas de salvamento para desobstrução das vias aéreas. Segundo ele, foram momentos de tensão porque a criança demorou a reagir.

“Fizemos os procedimentos por muito tempo. Até nos revezamos nas manobras até o menino reagir e chorar. A gente passa por treinamento para saber como agir, com muito custo conseguimos. Foi Deus. Se a gente não tivesse naquele caminho, ele iria morrer. E foi Deus quem nos deu força”, disse o sargento.

continua após a publicidade

Em seguida, o menino e a mãe foram levados na viatura para o Posto de Saúde Municipal. No local, o médico de plantão atendeu a criança. De lá, o menino foi encaminhado para o Hospital São João Batista em Visconde do Rio Branco, onde segue internado.Segundo a ocorrência, o médico que atendeu a criança explicou que o socorro prestado pelos policiais militares, “foi primordial, pois salvou a vida da criança que, além de engasgar, ainda teve convulsão e febre alta”.

Foto: Márcio Goulart Martins

FONTE : G1 ZONA DA MATA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *