Agentes de segurança socioeducativos entraram em greve nesta segunda-feira em JF .

Bando fortemente armado faz reféns, explode e assalta agência da CAIXA em Pouso Alegre MG.
maio 20, 2019
Hospital de Além Paraíba confirma caso de paciente com H1N1.
maio 21, 2019
Exibir tudo

Agentes de segurança socioeducativos entraram em greve nesta segunda-feira em JF .

Com adesão de cerca de 70% da classe de acordo com o sindicato , os agentes de segurança que atuam no Centro Socioeducativo de Juiz de Fora entraram em greve por tempo indeterminado. A paralisação teve início nesta segunda-feira (20).Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informou que está acompanhando o movimento grevista.

Os agentes estão trabalhando em sistema de revezamento para cumprir os 30% de efetivo que determina a legislação.

Estão mantidos os atendimentos judiciários, médicos e de alimentação dos internos.

continua após a publicidade

De acordo com a categoria, as demandas apresentadas ao Governo do Estado são:

  • Mudança na escala de trabalho com a inclusão da opção 24h por 72h: o sindicato explicou que atualmente o turno é de 12h por 36h. Por causa da defasagem de agentes, os servidores trabalham mediante convocação, o que compromete o descanso;
  • Emissão de carteira funcional: de acordo com o sindicato, a maioria das servidores não tem o documento. Nos casos que o agente tem que sair descaracterizado para conduzir o interno a algum atendimento, se for parado pela Polícia Militar (PM), os dois são levados para a delegacia para ter a identidade confirmada;

  • Porte de arma fora do serviço: a autorização foi aprovada na Assembleia Legislativa em dezembro de 2017 mas foi vetada pelo governador Fernando Pimentel sob a alegação de inconstitucionalidade;
  • Realização de concurso: sindicato destaca que há defasagem de agentes no sistema, porque muitos contratados foram demitidos pelo governo em 2017;
  • Reajustes salariais atrasados: a categoria pede o pagamento das progressões e promoções, que são reajustes garantidos por lei conforme o tempo de serviço, que estão atrasadas há mais de três anos.

Fonte G1 Zona da Mata

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!