Torre de telefonia celular instalada atrás do cemitério está dentro das exigências legais, esclarece secretário.

Raio matou seis vacas e um bezerro em sítio de Tebas na noite desta quinta-feira.
março 15, 2019
Suspeito de assaltar comércio pela manhã é detido pela PM em S.J. Nepomuceno.
março 15, 2019
Exibir tudo

Torre de telefonia celular instalada atrás do cemitério está dentro das exigências legais, esclarece secretário.

Um assunto vem tomando conta das esquinas , bares e ruas de São João Nepomuceno  nos últimos dias: a instalação de uma torre de telefonia celular em terreno particular,  localizado logo atrás do cemitério municipal da cidade. Procuramos o secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano Dr. Milton Salgado Filho que repassou ao PORTAL RKF as seguintes informações :

A empresa responsável pela antena é a mesma que tentou tempos atrás a instalação da torre no parque de exposições , posteriormente no Bairro São sebastião e ainda depois em outro local no Bairro santo Antônio. Os três pedidos anteriores foram indeferidos afirma o secretário, devido a uma lei municipal aprovada em 2017 que regulamenta a instalação destes tipos de torres na cidade.

Após estes três indeferimentos, a empresa apresentou outro pedido á secretaria, de instalação nesta atual local, que de acordo com Dr. Milton, atende todas as exigências normativas da lei e este então foi deferido.

continua após a publicidade

Acrescenta ainda o secretário que, existem as chamadas “áreas de sombra” na cidade onde o sinal das operadoras não alcança e a ampliação deste sinal seria uma melhoria para  os munícipes. Finalizando o secretário cita que uma lei federal cita em torno de 50 metros, a distância mínima destas torres para construções e esta em questão está situada a mais de 70 metros dos prédios existentes na região.

Dr. Milton cita ainda uma informação fornecida pelo técnico Sílvio Heleno Picorone, sobre esta torre em questão a qual reproduzimos abaixo :

“Estas torres de telefonia emitem pouca rádio frequência ( cerca de alguns pequenos watts), enquanto por exemplo a antiga torre da extinta rádio AM da cidade, emitiu 1000 watts por mais de cinquenta anos. O aparelho de telefone celular seria mais perigoso do que propriamente na prática a torre, pois emite também alguns watts e está colado na cabeça do usuário, transmitindo rádio frequência enquanto é usado.As torres também são excelentes para raios que ao contrário do que pensam, protegem toda a circunvizinhança de acidentes com relâmpagos em uma cidade sem para raios.As grandes cidades têm Torres de celular espalhadas em todos os bairros e de diversas operadoras.
As torres de celular usam a mesma potência para atingir o aparelho, que usa a mesma potência para atingir a torre que está a 50 m de altura”.

REPORTAGEM KADU FONTANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *