Prefeitura de Cataguases repara danos causados pelas fortes chuvas

Temporal alaga ruas de Cataguases e coloca a cidade em estado de alerta
dezembro 31, 2022
Jovem armado é preso pela PM durante réveillon na praça em Pirauba.
janeiro 1, 2023
Exibir tudo

Prefeitura de Cataguases repara danos causados pelas fortes chuvas

A forte chuva que atingiu Cataguases entre o dia 30 e  31/12,  causou graves consequências à população. Vários pontos do município ficaram alagados, como os distritos de Sereno e da Glória, a comunidade de Sereninho, os bairros Pampulha, Popular, Pouso Alegre e São Diniz, além dos becos do Aroldo e do Riguete, causados pela enchente do Ribeirão Meia Pataca. Na foto acima, o ribeirão transborda sobre a ponte da Manufatora.

O mesmo aconteceu em alguns pontos da Vila Domingos Lopes, e na Avenida Guido Marlière, no bairro Haidée, por conta da cheia do Córrego Romualdinho

Continua após a publicidade

           

No centro, as avenidas Astolfo Dutra e Humberto Mauro também alagaram devido à cheia do Córrego Lava-Pés. Também foram registradas quedas de árvores. Todas as vias públicas já estão com tráfego normalizado.Neste mês de dezembro, Cataguases recebeu um volume de chuva cerca de 40% maior que o previsto, já que, conforme o Climatempo a média para o período é de 310 milímetros e a choveu 435 milímetros.

Nas primeiras horas da manhã deste sábado, dia 31, equipes da Defesa civil e da Secretaria de Serviços Urbanos já levavam orientações aos moradores do Distrito da Glória, onde o córrego Meia Pataca dava os primeiros sinais de transbordo. Paralelamente, uma equipe com dois caminhões atendiam aos moradores dos bairros São Diniz, Pouso Alegre e Beco do Aroldo, especialmente na remoção de móveis das casas atingidas. Enquanto isso, ainda pela manhã, na região do bairro Justino em direção à terceira ponte, duas pás carregadeiras, uma retroescavadeira e uma máquina Patrol faziam a remoção de todo o excesso de lama, provocado pelas obras inacabadas de um loteamento.

Também foram constatadas quedas de barreiras em diversos trechos. Uma delas na estrada que liga Cataguases ao Distrito de Cataguarino, próximo ao Sítio Mariano, sendo que este local foi desobstruído pela prefeitura. Houve deslizamento de terra na estrada que liga Cataguases ao Distrito da Glória, mas o trecho está liberado. Anda na zona rural, também foram removidas três barreiras provocadas por deslizamentos entre o trevo de Cataguarino e a comunidade Joaquim Vieira. Na mesma região, houve solapamento ou erosão do solo, provocado por um açude, na região do Sítio Jorge Freitas e em direção ao Distrito de Cataguarino. Por ser um dano que envolve redes pluviais, o trecho está interditado pela Defesa Civil.

Imóveis interditados
Somente entre a sexta-feira, 30, e hoje, sábado, 31, a Defesa Civil Municipal e o Corpo de Bombeiros interditaram seis imóveis por conta de ameaças de desabamento dos imóveis por conta de deslizamentos de terra. Duas interdições foram feitas no bairro São Diniz, outras duas no Pouso Alegre, uma no Isabel Tavares (deslizamento de barranco, deixando o imóvel sob risco) e uma na Vila Minalda. Existe a preocupação com deslizamentos de barrancos e encostas, pois a partir de 100 milímetros de acúmulo de chuva constante aumenta o risco desse tipo de anomalia ocorrer.

Segundo a Defesa Civil Municipal, não há como afirmar neste momento que o Rio Pomba vai alagar, mas existe esse risco para os próximos dias por conta do seu volume atual e a previsão de chuva tanto para a região de Cataguases, como nos outros municípios que abrigam as cabeceiras do Rio Pomba, por isso é preciso que a população fique atenta. É necessária atenção também em relação ao volume do Ribeirão Meia Pataca e dos córregos de Cataguases.

Desabrigados
Atualmente, 54 pessoas são atendidas nos abrigos montados pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, na Escola Municipal Manoel Dutra de Siqueira, no bairro São Diniz, e na Creche Turminha da Mônica, no Popular, recebendo atendimento integral com alimentação, local para dormir e distribuição de fraldas geriátricas a quem necessita. Todas elas já estão cadastradas pela Pasta em seu banco de dados para a inclusão em políticas socioassistenciais. Caso elas já tenham voltado para casa na próxima segunda-feira, dia 2, as pessoas receberão assistência da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social. Também a partir desta segunda-feira, entre 7h e 16h, a Secretaria dos Conselhos, localizada na Galeria Salgado, no Centro, recebe donativos para distribuição às vítimas da chuva.

Neste momento, o pedido da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros é que a população fique atenta aos riscos nas encostas e que, caso surjam trincas no imóvel, é para deixá-lo imediatamente. É necessário também que a população evite trafegar em áreas alagadas, nas imediações dos ribeirões com risco de transbordo e saia de casa apenas em caso de necessidade, pois os veículos da Prefeitura estão em operação prestando assistência e socorro. Outra orientação importante é que as pessoas acessem e compartilhem informações de veículos confiáveis, como os canais oficiais da Prefeitura.

Fonte: Site do Marcelo Lopes

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!