Bolsonaro retorna a Juiz de Fora após o atentado de 2018.

Homem é preso com arma de fogo e drogas em Guarani MG.
julho 15, 2022
Jiboia de 1 metro e meio é capturada em quinta de casa em Muriaé
julho 15, 2022
Exibir tudo

Bolsonaro retorna a Juiz de Fora após o atentado de 2018.

O Presidente da República Jair Bolsonaro (PL) chegou a Juiz de Fora às 08h55 desta sexta-feira 15 de julho. A comitiva presidencial, que contou ainda com o senador Carlos Viana (PL), pré-candidato ao governo de Minas, os ministros Marcelo Queiroga e Augusto Heleno, e o deputado federal Daniel Silveira (PL) pousou no Aeroporto da Serrinha e foi recebida por centenas de apoiadores que já o aguardavam desde antes das 7h para uma motociata.

O deputado federal Charlles Evangelista (PP) e a deputada estadual Sheila Oliveira (PL) também estavam no ato. Ainda no Aeroporto da Serrinha, os deputados Charles e Sheila entregaram ao presidente o título de Cidadão Honorário de Juiz de Fora. A homenagem foi de autoria dos políticos enquanto eles eram vereadores do município e sancionada em janeiro de 2019. Vestindo um colete balístico por baixo de um casaco, Bolsonaro se aproximou de apoiadores que o aguardavam em frente ao aeroporto. Cumprimentou vários deles e tirou fotos.

continua após a publicidade

Em seguida, de moto, o presidente desceu pelas ruas de Juiz de Fora. Até o final do percurso, ele passou por vias como as avenidas Deusdedit Salgado, Itamar Franco, Francisco Bernardino, Rio Branco, Brasil e Rui Barbosa. A motociata terminou na Garganta do Dilermando, em frente a um templo religioso. Bolsonaro participou da 43ª Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Estadual das Assembleias de Deus Ministério de Madureira, realizada no Centro Educacional e Social Betel.

BOLSONARO NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou à Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora por volta das 12h30, onde foi realizada uma solenidade no auditório da instituição. Antes, porém, o presidente, que chegou em uma SUV, foi recebido por apoiadores na entrada do hospital.

Brevemente, voltou a questionar as motivações de Adelio Bispo de Oliveira, autor da facada, preso após o atentado, julgado após as investigações e considerado inimputável pela Justiça Federal em julho de 2019. Neste sentido, pontuou que não tem interferência sobre a Polícia Federal. “Não tenho ascendência sobre a polícia federal. Me acusam e não acham nada”, disse o presidente.
Fotos: redes sociais e Band/UOL
As informações são da Tribuna de Minas

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

2 Comments

  1. Carlos disse:

    Kadu é bem bozo, acorda ainda há tempo

  2. eliana disse:

    Os atuais vereadores deveriam cassar esse título dado por esses deputados.
    Donde já se viu dar uma honraria desta ao pior presidente da história do Brasil? Um necropolitico que diz ser especialista em matar? Juiz de Fora não merece essa vergonha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!