Dicas para deixar seu celular mais seguro

Homens se passam por padres para aplicar golpe em Juiz de Fora
junho 8, 2022
Residência pega fogo na cidade de Guarará MG.
junho 8, 2022
Exibir tudo

Dicas para deixar seu celular mais seguro

Os celulares já há algum tempo invadiram nossa vida, se tornaram indispensáveis e muito cobiçados pelos criminosos, por estarem cada vez mais caros e por terem informações bancárias guardadas. Você sabe como deixar seu celular mais seguro?

A seguir relatarei dicas para que você se previna contra esse problema, antes ou depois de um roubo.

A) Não salve e nem repita senhas importantes
Não mantenha senhas anotadas em bloco de notas no celular, ou salva no formato de fotos ou prints em que apareçam documentos e/ou senhas.
Faça buscas em aplicativos de mensagens, como o WhatsApp ou Telegram, por palavras como “senha” ou “login”. Caso encontre alguma mensagem em que guardou sua senha, apague.
Evite repetir senhas, especialmente a senha bancária. Para o acesso ao banco utilize uma senha criada especialmente para acesso ao site ou app bancário, evitando combinações vulneráveis.

 

continua após a publicidade

 

B) Configure limites para envio do Pix
O Pix é ferramenta de transferência financeira utilizada por milhões de brasileiros, no entanto, a sua simplicidade e rapidez, aguçaram os criminosos, tornando-o alvo constantes. Por conta disso, é recomendado aumentar a segurança do seu Pix, por meio do gerenciamento de limites de envio.
Vários Apps bancários tem a opção de estabelecer limites tanto no valor da transação quanto na quantidade de operações que podem ser realizadas ao longo de um dia. Caso não saiba se eu banco tem este tipo de limite, acesso a central de SAC de sua instituição bancária.

C) Backups
Backups são essenciais para proteger suas informações, normalmente os usuários não o utilizam por preguiça ou por desconhecer a sua real necessidade.
Os backups ajudam a manter os dados na nuvem, evitando que você perca informações, fotos e outros dados importantes em caso de comprometimento do aparelho em que elas estavam originalmente guardadas.
Portanto, faça backups em seus apps frequentemente, utilizando alguns serviços como iCloud, Google Drive, Google Fotos para armazenar o que é importante.

Ações após furto ou roubo de seu celular

1) Informe imediatamente seu banco
É de suma importância entrar em contato com o banco do qual você é cliente, para verificar transações indevidas ou fora do seu padrão de consumo, além de solicitar o bloqueio dos seus cartões ou o cancelamento de determinadas transações.
Sem dados no celular e com as operações bancárias bloqueadas, é bem possível que você já reduza drasticamente maiores perdas.
2) Limpar os dados do celular
Mesmo no caso de o celular ter sido levado com a tela bloqueada, deve-se apagar todos os dados do aparelho, usando a ferramenta “Encontre meu dispositivo” no caso de aparelhos Android, e para fazer este procedimento nos aparelhos iPhone, deve-se usar o site iCloud ou aplicativo de busca para apagar dados da própria Apple. Estes procedimentos devem ser utilizados pois muitos criminosos conhecem métodos menos convencionais de desbloquear os aparelhos, então é melhor não arriscar.
3) Fazer um Boletim de Ocorrência
Mesmo sendo demorado abrir um boletim de ocorrência, é importantíssimo fazê-lo, pois além de protege-lo de futuros golpes e infortúnios, sua denúncia pode contribuir para a identificação do crime.
Hoje muitas secretarias de segurança de vários estados já têm em seu site o Boletim de ocorrência eletrônico, facilitando enormemente a abertura do B.O., verifique imediatamente se seu estado já entrega os cidadãos este tipo de serviço.
4) Bloqueie a linha do telefone e o IMEI
Para isso, basta ligar na operadora e seguir o procedimento específico. Ao final do processo, o criminoso não poderá fazer qualquer tipo de ligação, nem receber mensagens de texto. Mantenha o número de protocolo do pedido de bloqueio consigo.
Vale notar: esse procedimento não pode ser feito antes da limpeza dos dados, pois o cancelamento da linha pode fazer com que seu celular perca o acesso à Internet. Nesse caso, o comando de apagamento dos dados do aparelho não será recebido.
Você também pode solicitar o bloqueio do IMEI, um código que, quando bloqueado, impede o dispositivo de se conectar a redes móveis. Reduzindo, assim, a quantidade de coisas que o criminoso pode fazer com o celular roubado.

Eduardo Braga Jr
Eduardo Braga Jr
Administrador de Empresas apaixonado por Ti, incentivador do uso de ferramentas tecnológicas que contribuam com aumento da produtividade e diminuição dos custos, especialista em cibersegurança pela bluepex.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!