Alunos fazem protesto em escola de Bicas alegando racismo em sala de aula.

Saiba por que a Losartana da marca Medley está sendo recolhida.
março 14, 2022
Bope é acionado após quadrilha explodir cofre em posto de combustível em Miradouro
março 14, 2022
Exibir tudo

Alunos fazem protesto em escola de Bicas alegando racismo em sala de aula.

Um grupo de alunos da Escola Estadual Deputado Oliveira Souza da cidade de Bicas MG, realizaram nesta manhã de segunda-feira 14 de março um protesto no pátio da escola. Com cartazes e punhos fechados , os alunos conforme apurou o Portal RKF, alegam que na última sexta-feira, 11 de março, no turno da manhã, um aluno teria sido alvo de racismo por parte da professora. Ainda segundo os alunos,  o jovem teria sido chamado de macaco  pela professora em sala de aula, atitude que segundo estes não foi repelida pela diretoria da escola e assim resolveram protestar para chamar a atenção para o fato na cidade.

continua após a publicidade

O Portal RKF entrou em contato imediatamente ao receber as imagens da manifestação, com o diretor  da escola Bruno Fávero Ferreira. Ele atendeu por telefone a reportagem do site e disse que a escola está apurando o acontecido. Disse que a princípio o que se sabe de forma prematura é que o aluno, um adolescente negro de idade não informada, disse  estava na sala de aula e brincava possivelmente com alguns colegas imitando o gestual e movimentos de um macaco , como nos filmes de ação.

Neste instante , supostamente, segundo o diretor a professora teria chamado a atenção do aluno dizendo que ele “estaria dando motivo a comentários futuros” , o que levou o restante da classe a entender que seria uma frase racista. O diretor disse que nesta terça-feira haverá uma reunião na sede da escola envolvendo o aluno, professora e responsáveis do aluno  e que esta situação está sendo averiguada com seriedade pela escola, e prometeu divulgar uma nota oficial esclarecendo toda a situação.

O aluno é menor de idade segundo o diretor, (reportagem apurou que tem 15 anos) a identidade dele e da professora não foram informadas pela escola. O Portal RKF aguarda a nota oficial da escola e está aberto á família do aluno e á professora citada,  caso haja interesse das partes se pronunciarem. No início da tarde, a mãe do aluno entrou em contato com a redação do Portal RKF e informou que irá se pronunciar nesta terça-feira após ouvir a professora e a diretoria da escola.

Reportagem Kadu Fontana

 

 

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!