Período de festas juninas requer atenção com decorações e pipas .

PM apreende 128 pinos de cocaína em Dona Euzébia MG.
junho 13, 2021
PRF apreende carga de celulares sem nota fiscal avaliada em R$ 100 mil em JF.
junho 14, 2021
Exibir tudo

Período de festas juninas requer atenção com decorações e pipas .

Junho é o mês das tradicionais festas juninas por todo o país. Mas em função da pandemia da Covid-19, com necessidade de isolamento social e distanciamento entre as pessoas, o recomendável é evitar festas e aglomerações. Ainda assim, muitos podem querer homenagear Santo Antônio, São João e São Pedro com decorações dos ambientes.

Então para aqueles que pensam em manter o clima de ‘arraiá’ decorando a casa ou o local de trabalho, devem ficar atentos às instalações elétricas para evitar riscos e garantir a segurança de toda a família. Em casa, não faça gambiarras, evite o uso de benjamins e não ligue diversos aparelhos em uma mesma tomada. A utilização de materiais isolantes é recomendada, pois minimiza os riscos de curto-circuito.

continua após a publicidade

Se for decorar a rua, coloque bandeirinhas longe dos postes e não amarrar fios, cabos ou enfeites em postes ou fiações elétricas. E mesmo mantendo distância dos cabos de energia, deve-se dar preferência aos adereços de materiais isolantes em vez de metal, para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede. Também não é recomendado que se brinque com fogos de artifício, principalmente as crianças, já que podem provocar queimaduras graves. Ao atingirem a rede elétrica, os fogos também podem causar curto-circuito, interrompendo o fornecimento de energia para a região.

No caso da fogueira, as pessoas devem observar a distância da rede elétrica, uma vez que o fogo ou o calor em excesso podem danificar cabos e estruturas, causando curtos-circuitos e interrupção de energia. Quanto aos balões, a recomendação da Energisa é que sejam evitados, afinal, além de ser crime o seu uso, eles podem causar grandes acidentes, principalmente se caírem dentro de subestações ou sobre redes elétricas.

Assista aqui um vídeo que a Energisa preparou especialmente para as festas juninas.

Segurança também ao soltar pipa

Junho e julho também são meses de férias escolares. “E soltar pipa é uma brincadeira muito comum nessa época do ano. Além disso, a prática cresceu durante a pandemia. Mas é preciso muita atenção, porque além de causar danos à rede elétrica, comprometendo o fornecimento de energia elétrica, pode causar graves acidentes, inclusive a morte”, explica o gerente de Operações da Energisa Anderson Rabelo.

Se comparamos 2020 com o ano anterior, o número de ocorrências de pipa na rede elétrica em Minas Gerais cresceu cerca de 215%. Ou seja, em 2019, foram registradas 38 ocorrências ocasionadas por pipas na rede, enquanto em 2020 essa quantidade subiu para 119, comprometendo o fornecimento de energia para mais de 35 mil clientes.

Neste ano, de janeiro a maio, foram registradas 16 ocorrências e cerca de 3.280 clientes tiveram o fornecimento de energia interrompido. Os números tendem a aumentar, já que, entre os meses de maio e agosto é quando a Energisa registra maior número de ocorrências com pipa por ser época característica de ventos, propícios para a brincadeira, coincidindo com o período de férias.

Por isso, preocupada com a segurança da população, a Energisa preparou algumas orientações importantes:

  • Jamais solte pipa próximo à rede elétrica e nunca tente remover a pipa da rede elétrica. Você pode levar um choque elétrico. Apenas os profissionais autorizados pela Energisa, munidos de todos os itens de segurança e treinamentos necessários, podem fazer a manutenção na rede elétrica;

  • Não utilize materiais cortantes, como a linha chilena e o cerol, e não solte pipa próximo a ruas e avenidas. A linha pode ser perigosa para os condutores, causando, principalmente, acidentes com motos e bicicletas;

  • Não empine pipa em dias de chuvas e relâmpagos;

  • Alerte outras pessoas sobre o risco de soltar pipas sem os devidos cuidados. A conscientização é fundamental para reduzir transtornos e acidentes;

  • Ao verificar pipas presas à rede elétrica, entre em contato com a Energisa por meio dos canais de atendimento.

Clique aqui e veja as orientações sobre como soltar pipa com segurança.

Diagrama

Descrição gerada automaticamente

Em caso de acidente ou fios caídos ao chão, a recomendação é que as pessoas não se aproximem e isolem o local, ligando imediatamente para a Energisa no 0800 032 0196.

Fonte : ASCOM ENERGISA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!