Energisa reduz em 50% duração média dos desligamentos programados em MG.

Acidente deixa trânsito em meia pista entre SJN e Descoberto.
setembro 5, 2020
Motocicilsta morre após colidir contra caminhonete em Muriaé.
setembro 6, 2020
Exibir tudo

Energisa reduz em 50% duração média dos desligamentos programados em MG.

Para garantir maior qualidade do fornecimento de energia aos seus clientes, a Energisa realiza constantemente obras e manutenções no sistema elétrico, que por medidas de segurança, algumas vezes necessitam de desligamentos programados, quando é necessário interromper o fornecimento de energia para executar o serviço.  

Para evitar esses desligamentos, a Energisa está sempre investindo em tecnologias ou formas mais eficientes de executar as obras e manutenções. Prova disso é que a duração média dos desligamentos programados apresentou redução de 50% em relação ao ano de 2019.   

continua após a publicidade

“Evitar as interrupções no fornecimento de energia elétrica é um dos nossos compromissos com o cliente. Para isso, a Energisa adota tecnologias e equipamentos que permitem a realização do serviço sem o desligamento da rede, como utilização de gerador móvel, manobras automatizadas para transferência de carga, manutenção em rede energizada pela equipe de Linha Viva entre outros equipamentos e tecnologias como o seccionador de baixa tensão”, comenta o gerente de Construção e Manutenção da Energisa, Victor Rispoli.  

O equipamento seccionador de baixa tensão é uma inovação, desenvolvida por dois colaboradores da empresa. “Já conseguimos comprovar sua eficácia com teste em campo, onde reduzimos em 70% o número de clientes que seriam interrompidos. Em uma ocorrência onde seria interrompido o fornecimento de energia para 112 clientes durante uma hora, foi necessário desligar apenas 31 com a utilização do equipamento”, explica Rispoli. 

Esses desligamentos são parte dos R$ 7 milhões que estão sendo investidos para melhoria do sistema elétrico da área de concessão da Energisa em Minas Gerais, deixando o sistema elétrico mais robusto e eficiente.  

Ao todo, a Energisa Minas Gerais já investiu cerca de R$ 30 milhões no 1º semestre de 2020. Até o final do ano a distribuidora pretende investir cerca de R$ 93 milhões.  

Fonte: Comunicação Social Energisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *