Jornal Voz de São João entrevistou pré-candidatos Célio “Balainho” x Ernandes.

PM prende foragido da Justiça no centro de Bicas.
agosto 23, 2020
Polícia Civil divulga balanço da Operação “Marcos 4:22” deflagrada na Zona da Mata.
agosto 24, 2020
Exibir tudo

Jornal Voz de São João entrevistou pré-candidatos Célio “Balainho” x Ernandes.

O centenário semanário Voz de São João formulou 11 perguntas aos dois pré-candidatos a prefeito em São João Nepomuceno nas eleições de 15 de novembro. Foram as mesmas perguntas para Ernandes José da Silva que tenta a reeleição e Célio Filgueiras “Balainho” Ferraz que já governou o município por 04 mandatos. O Portal RKF reproduz aqui na íntegra a publicação do jornal impresso.

continua após a publicidade

PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO “ERNANDES JOSÉ DA SILVA – PSB 40”


1 – QUAL O MAIOR DESAFIO POLÍTICO DO SEU GRUPO EM SÃO JOÃO
NEPOMUCENO?
Consolidar o modelo de gestão legal e eficiente adotado por nossa Administração,
garantindo a continuidade e evolução de todos os projetos, programas e serviços
implantados para alcançar o desenvolvimento social, econômico, educacional, cultural,
ambiental, rural, turístico, esportivo e em saúde, a qual foi uma das maiores prioridades
deste governo. Além disso, a geração de emprego e renda e o aumento da
disponibilidade de recursos públicos são alguns dos maiores desafios da gestão pública
moderna, pois são pilares para garantir o equilíbrio das contas e desenvolvimento
sustentável de nossa sociedade. Por fim, acredito que o gestor público deve sempre
buscar a transparência, o diálogo aberto para ouvir, debater e aplicar todas as propostas
que se mostrarem positivas ao interesse público e ao bem comum, especialmente,
tratando sempre a todos os cidadãos com humildade e respeito.

2 – QUAL SERIA O PROJETO PARA RETOMADA DO EMPREGO E PARA CONQUISTA
DE NOVAS VAGAS?
Os desafios pós-pandemia serão enormes, mas acreditamos que todas as dificuldades
enfrentadas pelo nosso governo nos prepararam para enfrentar esta nova jornada. Aliás,
quando se fala de emprego e renda fizemos nosso dever de casa. Estruturamos a
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, com o fortalecimento da Agência
de Desenvolvimento e a implantação de novos programas e projetos destinados à
geração de emprego e renda, tendo como destaque a abertura e formalização de mais de
mil postos de Micro Empreendedor Individual (MEI). Assim, entendemos que no pós-
pandemia essa nova estrutura será essencial para dar suporte à rápida retomada de
nossa economia. Neste sentido, já vêm sendo tomadas diversas medidas em parceria
com o SEBRAE e a iniciativa privada visando à capacitação e qualificação de nossa força
de trabalho para que possamos ser destaque e estarmos preparados para a retomada
econômica da forma mais rápida possível.

3 – POSSUI UMA PROPOSTA PARA ATRAIR EMPREENDEDORES PARA INSTALAÇÃO
DE NOVAS EMPRESAS?
Estamos em processo de finalização do desenvolvimento de um porto digital –
plataforma online – de nossas empresas e atividades comerciais e industriais, que tem
por objetivo apresentar para o mundo nossas qualidades, competências e diferenciais
visando atrair pequenos, médios e grandes negócios, especialmente considerando a
capacidade de trabalho e produção de nosso povo, as destacadas características
positivas de nossa terra e a localização regional estratégica de São João Nepomuceno
diante da proximidade com dois aeroportos (JF e Zona da Mata-Goianá), cortada por
rodovias estaduais e próximo às rodovias federais, como, por exemplo, BR 040 e BR 267.
O município já possui a Sala Mineira do Empreendedor, inaugurada em 2019 em
parceria com o SEBRAE-MG, JUCEMG e Agência de Desenvolvimento, no propósito de
melhorar e simplificar o ambiente de negócios atuando lado a lado com os
empreendedores de todos os portes do município e também o SINE municipal
inaugurado nesta gestão, sendo estes importantes órgãos de amparo aos trabalhadores e
às empresas. Não temos cessado em buscar atrair investimentos e empresas sólidas para

nossa cidade, ressaltando que a agroindústria e o agronegócio se apresentam como
grandes oportunidades de desenvolvimento local e serão parte das prioridades de nossa
proposta de desenvolvimento econômico para os próximos anos.

4 – NESTE MOMENTO, QUAIS SERIAM AS OBRAS MAIS URGENTES PARA A CIDADE?
Acreditamos que as obras mais urgentes neste momento são aquelas capazes de refletir,
principalmente, na melhoria da qualidade de vida de nossa população. Neste sentido as
ações de desenvolvimento social e econômico são certamente as “obras” das mais
urgentes e importantes para o momento. É de se destacar que nos últimos anos não
houve disponibilidade de recursos estaduais e federais para a realização de grandes
obras, especialmente em razão da crise econômica e atualmente da pandemia, cabendo
ao Município recuperar, conservar e ampliar as instalações públicas na busca de melhor
atender à comunidade e gerar eficiência nos gastos públicos. Como proposta para o
futuro próximo, temos a conclusão do projeto Cidades Inteligentes que viabilizará a
substituição de todos os equipamentos de iluminação pública para a tecnologia led
gerando mais conforto, segurança e economia, além da possibilidade de conexão digital
de diversos serviços públicos, rede de monitoramento, democratização do acesso à
internet em vias públicas e interligação por rede de intranet de todos os prédios públicos
municipais.

5 – EM QUAL ÁREA QUE O PRÉ-CANDIDATO DEVE DAR PRIORIDADE NO NOVO
PLANO DE GOVERNO?
Certamente em nossa futura proposta de governo iremos priorizar todas as áreas, com
especial atenção à saúde, à educação, ao desenvolvimento e assistência social e ao
desenvolvimento econômico, as primeiras em razão de sua essencialidade e esta última
como base fundamental para ampliação das políticas públicas capazes de gerar emprego
e renda como garantia da dignidade da pessoa humana e promoção do bem-estar social.

6 – QUANTO À EDUCAÇÃO, QUAIS SERIAM AS MEDIDAS ALTERNATIVAS PARA OS
ALUNOS, QUE COMPLETAREM O ENSINO MÉDIO, CONTINUAREM SEUS ESTUDOS?
As parcerias priorizadas neste primeiro mandato foram e serão muito importantes para
atender essa demanda. O município atualmente disponibiliza bolsas de transporte para
estudantes que cursam graduação e cursos técnicos na cidade de Juiz de Fora,
disponibilizando ainda outros dois ônibus gratuitamente para este objetivo, atendendo a
estudantes de Juiz de Fora e também aos estudantes que se dirigem à cidade de Viçosa. O
município vem incentivando e apoiando a instalação de unidades de Ensino Superior
presencial e à distância em nossa cidade, com oferta de cursos com excelente potencial
para gerar valiosas oportunidades às pessoas que não têm disponibilidade de realizar
uma graduação presencial em outro município, e, desta forma, não deixando de buscar o
fortalecimento da rede local, acreditamos que, com a evolução digital pós-pandemia, o
ensino à distância será uma ferramenta indispensável e muito eficiente para o
desenvolvimento educacional de nossa comunidade.

7 – NA SAÚDE, EXISTE OUTRA ALTERNATIVA A NÃO SER A PARCERIA COM O
HOSPITAL SÃO JOÃO?
Primeiramente devemos destacar que o Hospital São João desempenha relevantes
serviços à nossa comunidade, bem como a toda região, nos atendimentos de alta e média
complexidade e também de urgência e emergência, valendo ressaltar a significativa
evolução técnica, operacional, administrativa e financeira da entidade nos últimos anos,

que com o apoio de nossa Administração tem alcançado importantes conquistas para
nossa sociedade como a modernização de suas instalações e equipamentos (ex. novo
arco cirúrgico, usina de oxigênio, etc.), qualificação de seu quadro de colaboradores,
ampliação e retomada de importantes atendimentos como as atividades da maternidade
que, atualmente, é referência e destaque na região, além do avanço no equilíbrio de
contas e da reestruturação na forma de contratualização da entidade, através do
estabelecimento de metas quantitativas e qualitativas. Desta forma, é inegável o papel de
destaque do Hospital São João em nossa saúde. Entretanto, nossa cidade ainda dispõe de
outras entidades de igual relevância e competência em atuação na área da saúde como a
ASFECER e a Sociedade Pestalozzi, além de excelentes prestações de serviços na
iniciativa privada, sendo certo que as diversas alternativas para saúde vêm sendo
utilizadas e expandidas por nossa administração através da Secretaria Municipal de
Saúde e do Consórcio Intermunicipal de Especialidades – (CIESP) ao qual São João
integra e possui importante relevância, tendo diversas ações de saúde sido ampliadas
através deste.

8 – NOSSOS ÍNDICES DE CRIMES VIOLENTOS ESTÃO ALTÍSSIMOS, EXISTE ALGUMA
PROPOSTA PARA DIMINUÍ-LOS?
Inicialmente lamentamos profundamente as vítimas da violência em nossa cidade,
contudo, podemos destacar que temos atuado em parceria com as forças policiais no
propósito de melhorar a segurança pública local e isso tem se refletido numa maior
sensação de segurança vivida atualmente por nossa cidade. Vale lembrar que a atuação
direta na Segurança Pública é uma obrigação do Estado de Minas Gerais, tendo nossa
administração atuado no apoio às Polícias Militar e Civil com fomento anual em valores
de aproximadamente R$ 40 mil para o pagamento de despesas operacionais como
combustíveis, manutenção de frota e áreas físicas das unidades. Ao longo do mandato
sempre buscamos um bom relacionamento e aproximação com os órgãos judiciais e os
comandos policiais, onde solicitamos aumento de contingente de policiais no município,
operações na cidade e na região. Em nosso mandato, através do apoio político de nossos
deputados as Polícias Civil e Militar receberam novas viaturas para fortalecimento de
suas atividades operacionais. Entendemos que, para efetivamente diminuirmos a
violência de maneira geral em nosso município, é primordial o trabalho de médio e
longo prazo diretamente desenvolvido com as nossas crianças e adolescentes.

9 – COM RELAÇÃO AO TURISMO E DIANTE DA PREMISSA DE QUE OS ACESSOS DAS
PRINCIPAIS CACHOEIRAS ESTÃO FECHADOS, O PRÉ-CANDIDATO SERIA CAPAZ DE
ENFRENTAR E SANAR ESSE PROBLEMA?
Quanto ao turismo, é de se destacar que belas cachoeiras integram as riquezas de nossa
terra, reconhecidas em toda a região e das quais podemos nos orgulhar. Nossas
principais quedas d´água estão localizadas em propriedades particulares, cabendo aos
proprietários decidir pela autorização de acesso, recepção, manutenção, implantação de
infraestrutura e, inclusive, pela exploração econômica do local. Entretanto, seremos sim
capazes de buscar, tal como fizemos durante todo este governo, parcerias e soluções
para viabilizar a reabertura e valorização destes locais para acesso turístico e lazer de
nossa comunidade.

10 – SE FOR ELEITO, VAI PRIORIZAR UM SECRETARIADO TÉCNICO OU POLÍTICO?
A escolha do secretariado é uma missão de enorme relevância para a realização de um
governo bom, justo e eficiente. Por esta razão sempre busquei ao longo do meu atual

mandato, o alinhamento de todos os secretários em meu propósito de governar na busca
do respeito ao próximo, do diálogo, da eficiência e da gestão consciente dos recursos
públicos. Desta forma, acredito na escolha de um secretariado técnico capaz de garantir
a continuidade do processo de evolução e modernização da administração, destacando
que as qualidades técnicas muitas vezes podem ir além do campo de formação daquele
indicado, sendo necessário, por vezes, reconhecer a capacidade adquirida pela
experiência de vida.

11 – COMO AVALIA A ADMINISTRAÇÃO REALIZADA PELO CÉLIO?
Todos os prefeitos que aqui passaram contribuíram de alguma forma com o nosso
Município, e cabe ao povo, com responsabilidade e através do voto, avaliar seus
governantes na busca sempre da melhor opção para o nosso bem comum.

PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO “CÉLIO FILGUEIRAS FERRAZ – PMDB 15”


1 – QUAL O MAIOR DESAFIO POLÍTICO DO SEU GRUPO EM SÃO JOÃO
NEPOMUCENO?
O maior desafio, de imediato, seria devolver à cidade, uma gestão popular e
transparente. Penso em fazer como sempre fiz, ou seja, o prefeito é um servidor do
povo e, por isso, o gabinete do prefeito deve estar sempre com as portas abertas para
toda a população, atendendo em qualquer dia e a qualquer hora.

2 – QUAL SERIA O PROJETO PARA RETOMADA DO EMPREGO E PARA
CONQUISTA DE NOVAS VAGAS?
Vamos retomar os programas de capacitação de mão de obra local, com a criação de
cursos de treinamentos como o PROGER que existia na administração passada,
estabelecer parcerias com as entidades como SEBRAE e a agencia de
desenvolvimento local e, trabalhar para recuperar o IFET com os cursos técnicos para
a cidade. Valorizar e fomentar compras no comércio local.

3 – POSSUI UMA PROPOSTA PARA ATRAIR EMPREENDEDORES PARA
INSTALAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS?
Desenvolver políticas de incentivos para atrair empresários para a cidade com
oferecimento de infraestruturas, galpões e incentivos fiscais bem como fortalecer os
que aqui, já estão instalados.

4 – NESTE MOMENTO, QUAIS SERIAM AS OBRAS MAIS URGENTES PARA A
CIDADE?
Renegociar os contratos já estabelecidos com a prefeitura, avaliando individualmente
um a um, valores e responsabilidades das partes, principalmente o contrato da
“terceirização do lixo” que, ao meu ver, está com os custos muito elevados, tendo em
vista que, já existiu propostas mais vantajosas para o município.

5 – EM QUAL ÁREA QUE O PRÉ-CANDIDATO DEVE DAR PRIORIDADE NO NOVO
PLANO DE GOVERNO?
A prioridade sempre será a saúde e a educação. Na educação, entre outras coisas, a
retomada imediata do tempo integral nas escolas em que já funcionavam no mandato
anterior juntamente com ações de valorização dos professores municipais. Na saúde,
a imediata restruturação da farmácia básica da prefeitura, com o cumprimento do
REMUME, a reativação do CEASM, criação do Núcleo de atenção à Saúde do Idoso e da
Criança e ampliar a parceria com o Hospital São João, principalmente com a chegada
do Arco cirúrgico, aumentando o número de cirurgia na cidade.

6 – QUANTO À EDUCAÇÃO, QUAIS SERIAM AS MEDIDAS ALTERNATIVAS PARA OS
ALUNOS, QUE COMPLETAREM O ENSINO MÉDIO, CONTINUAREM SEUS
ESTUDOS?
Estabelecer convênio com os cursos federais profissionalizantes, como existiam
anteriormente, bem como aprimorar os cursos profissionalizantes através da
Secretaria de Assistência Social e também através da Agência de Desenvolvimento
Local. Outra ação será a ampliação da oferta do Transporte dos Universitários para os
cursos superiores noturnos em Juiz de Fora.

7 – NA SAÚDE, EXISTE OUTRA ALTERNATIVA A NÃO SER A PARCERIA COM O
HOSPITAL SÃO JOÃO?
Além da parceria com Hospital como fizemos, apoiar maciçamente as entidades
filantrópicas que prestam serviços ao SUS (PESTALOZZI, ASFECER). Ainda, ampliar o
atendimento do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, buscarei melhorar a qualidade
de vida dos nossos munícipes expandindo a Estratégia de Saúde da Família (ESF).

8 – NOSSOS ÍNDICES DE CRIMES VIOLENTOS ESTÃO ALTÍSSIMOS, EXISTE
ALGUMA PROPOSTA PARA DIMINUÍ-LOS?
Basicamente, atuar em duas frente, a prevenção, com o oferecimento da “escola em
tempo integral” para as crianças e os adolescentes, ampliação dos programas
esportivos, com as ocupações das quadras e piscinas públicas, fortalecimento dos
convênios com entidades assistenciais que trabalham com as crianças e os
adolescentes, principalmente com o estimulo do Conselho Municipal dos Direitos da
Criança e do adolescente em lançar mão do fundo da infância e adolescência (FIA)
para financiar projetos com entidades cadastradas para atender à criança e ao
adolescente. Na repressão, fortalecer a parceria com a polícia militar e civil, bem
como atuar junto ao governo do Estado de Minas Gerais para aumentar o efetivo bem
como, melhorar as condições de trabalhos dos policiais.

9 – COM RELAÇÃO AO TURISMO E DIANTE DA PREMISSA DE QUE OS ACESSOS
DAS PRINCIPAIS CACHOEIRAS ESTÃO FECHADOS, O PRÉ-CANDIDATO SERIA
CAPAZ DE ENFRENTAR E SANAR ESSE PROBLEMA?
Os tempos atuais de pandemia estão difíceis para fazer alguma projeção para o
turismo mas, como ações futuras, e, trabalhar para o fortalecimento do Circuito
Turístico Caminhos Verdes de Minas, enfatizando nossos atrativos locais como o
comércio de roupas, a produção de cachaça, melhorar os acessos as cachoeiras bem
como o turismo de eventos.

10 – SE FOR ELEITO, VAI PRIORIZAR UM SECRETARIADO TÉCNICO OU
POLÍTICO?
Vamos conciliar o conhecimento técnico em cada área com experiência política. O
próprio cargo de Secretário Municipal tem a natureza jurídica de “agente político”,
porém, temos que exigir o conhecimento técnico em cada área.

11 – COMO AVALIA A ADMINISTRAÇÃO REALIZADA PELO ERNANDES?

A população acreditou na “renovação”, foi gerada uma grande expectativa em torno
de uma nova gestão pública (modelo da iniciativa privada), mas a prática demonstrou
ao contrário deixando uma enorme frustração para a grande maioria da população,
em especial os mais pobres.

Fonte : Jornal Voz de São João

1 Comment

  1. Ivanete Marques de souza disse:

    Sinceramente o Sr prefeito ernandes está precisando de muito óleo de peroba . É muita audácia depois quatro anos de uma renovação que não aconteceu pensar que mais uma vez o povo vai fazer papel de palhaço . Óleo de peroba nessa cara de pau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *