Agências bancárias já trabalham com expediente reduzido .

Vacinação domiciliar contra gripe teve início: confira o cronograma desta 5ª feira.
março 25, 2020
Detentos mineiros estão produzindo máscaras contra o coronavírus.
março 25, 2020
Exibir tudo

Agências bancárias já trabalham com expediente reduzido .

As agências bancárias associadas à Federação Brasileira de Bancos (Febraban) terão atendimento presencial reduzido (das 10h às 14h). Haverá atendimento especial para idosos, pessoas portadores de deficiência e gestantes, entre 9h e 10h. A informação foi divulgada pela federação nessa terça-feira (24).A medida tem como objetivo frear a disseminação do coronavírus no Brasil. A recomendação é para que as pessoas evitem ir às agências e utilizem outros canais de contato com os bancos, como ligações telefônicas e aplicativos de celular.

Prorrogação de dívidas
Na última semana os cinco maiores bancos associados à Febraban – Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander – anunciaram que estão comprometidos em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de clientes pessoas físicas e micro e pequenas empresas para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores que já foram usados pelo consumidor.

continua após a publicidade

Os clientes devem entrar em contato com seu banco, expor seu caso para saber das condições para prorrogar a dívida por até 60 dias. Cada instituição irá definir o prazo e as condições dos novos pagamentos. Não é necessário ir presencialmente na agência bancária. O cliente poderá ligar para seu gerente e ainda usar os canais eletrônicos para entrar em contato com seu banco, como o atendimento telefônico e os meios digitais.

“Os bancos estão preparados para facilitar os pagamentos dos clientes e continuarão contribuindo para amenizar os efeitos negativos do coronavírus na economia”, afirma Isaac Sidney.

A medida vale para todos os contratos de crédito feitos pelo cliente com o banco, entretanto, não se estende às dívidas no cartão de crédito e cheque especial. É importante ressaltar que também não inclui boletos de consumo geral, como água, luz e telefone, além de tributos, porque se referem a serviços prestados por concessionárias de serviços públicos e governos.

Fonte: Hoje em Dia e Febraban

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *