Hospital São João e Secretaria de Saúde definem ações sobre o coronavírus.

Moradores de SJN reclamam de casas ilhadas e crateras nas ruas por toda cidade.
03/03/2020
Vídeo flagra momento do desabamento de parte de imóvel em Piraúba.
03/03/2020
Exibir tudo

Hospital São João e Secretaria de Saúde definem ações sobre o coronavírus.

Aconteceu nesta segunda-feira 02 de março, no Hospital São João uma reunião no sentido de unificar um protocolo de atendimento junto a todos os setores que envolvem a Saúde do município de São João Nepomuceno no que tange ao novo coronavírus.É importante ressaltar que de acordo com as informações repassadas ao Portal RKF, não existe nenhum caso suspeito na cidade. Estiveram presentes na reunião pelo hospital o provedor do HSJ Ronaldino , a diretora Luciane Vieira, o diretor clínico Dr. Carlos Alberto dos Santos, a RT de enfermagem Ana Maria Geraldi Fonseca , a enfermeira Andreia Knop, o enfermeiro Thiago Alves Menezes , Sávio Vieira RT farmacêutico , Eduardo Abreu tesoureiro e Cláudia Ribeiro RT de laboratório.

continua após a publicidade

Ainda estiveram presentes representantes da VISA – Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Saúde e setor de Epidemiologia do município.

Foi  criado um fluxo de atendimento para casos suspeitos ( caso ocorram ) do novo coronavírus(2019-NCOV) o qual descrevemos abaixo . 

Avalia se o paciente preenche critérios clínicos-epidemiológicos para o COVID-19

Situação 1: febre + sinal ou sintoma respiratório ( tosse seca, dor de garganta , mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e e batimento das asas nasais) mais histórico de viagens para área com transmissão local., de acordo com a OMS 14 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas.

Situação 2 : febre + sinal ou sintoma respiratório ( tosse seca, dor de garganta , mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e e batimento das asas nasais) mais contato próximo de caso suspeito de novo coronavírus nos  14 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas.

Situação 3: febre + sinal ou sintoma respiratório ( tosse seca, dor de garganta , mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e e batimento das asas nasais) mais contato próximo de caso confirmado de novo coronavírus em laboratório nos  14 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas.

PACIENTE > CÓDIGO LARANJA : fornecer máscara cirúrgica á pessoa com caso suspeito e encaminhá-la á área de isolamento.

EM CASO DE PACIENTE COM SUSPEITA O PROCEDIMENTO SERÁ O SEGUINTE : NOTIFICAÇÃO IMEDIATA SERVIÇO DE REFERÊNCIA NO TELEFONE 31 99744 6983 – CIEVS MG – Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado de Minas Gerais . COMUNICAR SERVIÇO PRECAUÇÃO E MONITORAMENTO DA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DO MUNICÍPIO E DIRETORIA CLÍNICA. 

PACIENTE COM SINAIS DE GRAVIDADE                                                       PACIENTE SEM SINAIS DE GRAVIDADE 

Estabilizar o paciente e manter em ambiente hospitalar                            alta com isolamento domiciliar

Encaminhar para Hospital de Referência HRJP                                                            monitoramento

 

O diretor clínico do Hospital São João, recomendou algumas situações em entrevista exclusiva ao Portal RKF na manhã desta terça-feira  : lavar as mãos com  água e sabão ao máximo, ao tossir não colocar as mãos na boca e sim o cotovelo, evitar aglomerações no Pronto Atendimento Médico pois o grande  fluxo de pessoas é propício para a propagação de qualquer vírus. A diretora Luciane , a RT de enfermagem Ana Maria e a enfermeira Andreia lembraram também que muitas pessoas utilizam-se do álcool 92º ao invés do álcool 70º por acharem que o primeiro é mais forte . Elas lembram que o primeiro embora seja mais concentrado , evapora mais rápido que o segundo, o qual ,além do álcool gel é o ideal para esterilização.

FAKE NEWS : Infelizmente de forma criminosa e inconsequente as redes sociais andam “infestadas” de FAKE NEWS. Notícias falsas sobre o vírus e de como proceder. Notícias absurdas dando conta de que o álcool gel não é viável, que erva doce ou ” cheirinho da loló” combatem o vírus e fórmulas mirabolantes , bem como áudios e vídeos sem confirmação de procedência devem ser descartados pela população. E se for possível denuncie caso você saiba de algo .

Por fim voltou a reiterar  a diretora Luciane que “NÃO HÁ NENHUM CASO SUSPEITO DO NOVO CORONAVÍRUS NA CIDADE“. Lembrou também que é importante a vacinação contra o sarampo em andamento e também a prevenção contra a dengue, zika e chikungunya, casos latentes em nossa cidade.

Reportagem Kadu Fontana

 

 

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

1 Comment

  1. EDUARDO GOMES DE ABREU disse:

    Trabalho muito bom por parte do site, informação é um remédio importante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!