PM intercepta Uber na MG-126 próximo ao trevo de Roça Grande e recupera celular furtado.

Secretário fala sobre andamento das obras do futuro Museu Municipal de S.J.Nepomuceno.
abril 18, 2019
Começou nesta quinta-feira a operação ” Semana Santa ” nas rodovias federais de Minas Gerais
abril 18, 2019
Exibir tudo

PM intercepta Uber na MG-126 próximo ao trevo de Roça Grande e recupera celular furtado.

Os policiais militares em patrulhamento no centro da cidade de São João Nepomuceno, por volta das 13h45 desta quinta-feira 18 de abril, foram acionados por um popular que repassou aos mesmos a informação de que uma mulher havia furtado um celular e entrado em um veículo semelhante a um Chevrolet Spin de cor branca que teria seguido sentido á rodovia MG-126 sentido Bicas.Os policiais Sgt Marciano, Cb Thiago Silva e Sd Nunes, na viatura, conseguiram abordar o veículo na própria rodovia, próximo ao trevo de acesso ao distrito de Roça Grande.No veículo haviam três pessoas de procedência da cidade de Juiz de Fora: o motorista de 57 anos de idade, que alegou estar fazendo uma “corrida” de Uber, a acusada, uma mulher de 40 anos de idade e mais uma passageira de 21 anos.

continua após a publicidade

Após os militares realizarem uma busca no interior do veículo, foram localizados 03 aparelhos de telefone celular: 01 de propriedade da mulher de 40 anos e outro da de 21 anos. O terceiro após os policiais observarem o papel de parede, notaram que não era a foto de nenhuma das duas citadas. O condutor disse que eles haviam ido a São João Nepomuceno para entrega de produtos. Os policiais se dirigiram então juntamente com os três citados até uma loja na Rua Capitão Brás para verificarem se aquele seria o celular produto do furto. No local, a proprietária relatou aos militares que as duas mulheres estavam na loja mais cedo e que uma outra cliente em dado momento alertou-a que uma das mulheres havia furtado seu telefone celular. A proprietária então tentou recuperar o aparelho que estava na mão da mulher de 40 anos porém esta saiu correndo da loja, entrou no veículo que saiu de forma rápida do local.

O aparelho recuperado não era da proprietária desta loja, mas de uma vendedora de outra loja localizada na Rua Dr. Fortes Bustamante, que também havia sido vítima de furto.Durante o registro da ocorrência, a mulher de 40 anos disse que nem o condutor , nem a outra mulher tinham ciência do acontecido e ainda negou que tivesse furtado o telefone dizendo que este estava no chão da loja.

A mulher foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Juiz de Fora para ser apresentada á autoridade judiciária.

REPORTAGEM KADU FONTANA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *