Operação Bereshit combate o crime organizado na Zona da Mata mineira .

Polícia Civil localiza em S.J.Nepomuceno adolescente de Piraúba que estava desaparecida desde 2018.
março 14, 2019
Dupla de motocicleta assalta posto de combustível e cliente em Cataguases.
março 14, 2019
Exibir tudo

Operação Bereshit combate o crime organizado na Zona da Mata mineira .

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), de Visconde do Rio Branco, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 14 de março, a Operação Bereshit, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atua na região da Zona da Mata para a prática, em tese, dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.Estão sendo cumpridos 20 mandados de prisão temporária, além de 26 mandados de busca e apreensão nas cidades de Juiz de Fora, Ubá e Visconde do Rio Branco, inclusive em presídios. Dezoito pessoas foram presas e duas estão foragidas. Foram apreendidos 70 veículos, R$ 50 mil em dinheiro e uma arma de fogo.

A ação conta com o apoio da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG) e da Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (Seap), além da participação de 90 policiais militares, agentes da Seap, promotores de Justiça, cerca de 30 viaturas da PMMG, cães treinados e um helicóptero.

continua após a publicidade

Ao longo das investigações, foram deflagradas outras operações em que foram apreendidos mais de 100 kg de maconha, 3 kg de crack, 2Kg e 214 pinos de cocaína e aproximadamente R$ 15 mil em dinheiro.

Segundo o Gaeco, além dessas ações, foram colhidas contundentes provas do funcionamento de uma organização criminosa, com atuação na cidade de Ubá e Visconde do Rio Branco, voltada à prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e outras graves infrações. Entre os investigados, estão empresários da cidade de Ubá que eram responsáveis pela lavagem do dinheiro arrecadado ilicitamente pela organização.

O nome Bereshit, palavra hebraica que significa “em princípio”, informa a história do início dos tempos, marcando também o início dos trabalhos realizados em parceria entre o Grupo de Combate às Organizações Criminosas (GCOC), da PM de Visconde do Rio Branco, e o Gaeco no combate a criminalidade violenta.

FONTE : MPMG

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *