WELLINGTON FAJARDO SALVA PATROCINENSE DO REBAIXAMENTO E LEVA TIME PARA AS QUARTAS-DE FINAL.

COLISÃO ENTRE DUAS CARRETAS NA ESTRADA MURIAÉ- ERVÁLIA DEIXA DUAS PESSOAS GRAVEMENTE FERIDAS.
março 12, 2018
IDOSA MORRE APÓS DESABAMENTO DE PARTE DE RESIDÊNCIA EM RIO POMBA.
março 12, 2018
Exibir tudo

WELLINGTON FAJARDO SALVA PATROCINENSE DO REBAIXAMENTO E LEVA TIME PARA AS QUARTAS-DE FINAL.

Aceitando o desafio de tirar para o CAP da zona rebaixamento, o técnico Wellington Fajardo teve cinco jogos para reverter a situação no Campeonato Mineiro de Futebol. Somou sete dos 15 pontos possíveis, o que rendeu a arrancada e a classificação no G-8, além da vaga na Série D do próximo ano. Para o treinador, os jogadores conseguiram assimilar a proposta de jogo e formam merecedores das conquistas.

– Os jogadores compraram a ideia do esquema tático, jogadores inteligentes, rodados. Estão de parabéns. Além deles terem consigo livrar o CAP do rebaixamento, conseguiram o feito de ter um calendário do CAP o ano inteiro no ano que vem. Estamos no G-8 do Mineiro desse ano, na elite e na Série D do Brasileiro do ano que vem. A cidade tem que se orgulhar, não foi uma coisa que caiu do céu. Os jogadores trabalharam bem e o sentimento é dever estar cumprido – disse o treinador.

Sobre o empate contra o Cruzeiro, o treinador disse que, se olhar pelas estatísticas do jogo, o CAP poderia até ter vencido. Mas o empate esteve de bom tamanho pelos objetivos alcançados.

– Esse jogo foi muito difícil, apesar do Cruzeiro estar bem mexido, é um timaço. Mas com todo respeito ao Cruzeiro, eu já joguei lá, sei como é, se tivesse que ter um vencedor pelas estatísticas, seria o Patrocinense. Procuramos o gol a todo o momento e, tirando o gol, o Neguete não fez nenhuma defesa. O sistema tático funcionou e, graças a Deus, conseguimos o resultado. Está todo mundo de parabéns – finalizou.

O Patrocinense segurou o Cruzeiro até os 26 minutos da segunda etapa, quando Rafael Marques balançou as redes. O resultado naquele momento tirava o Patrocinense do G-8 do Campeonato Mineiro, com a vitória da Caldense sobre o Uberlândia. Mas o gol de Gênesis, aos 39 minutos, veio para sacramentar a boa campanha do CAP no retorno à elite após 24 anos. Além do empate em 1 a 1, o Patrocinense garantiu uma vaga nas quartas de final, que será contra o mesmo Cruzeiro, e também a participação na Série D do Brasileiro de 2019.

FONTE : GLOBOESPORTE.COM E BARDABOLA

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!