DIVIDINDO OPINIÕES E SEM ECONOMIZAR ENERGIA, DOMINGO COMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO.

HOMEM É PRESO PORTANDO PISTOLA EM EVENTO RELIGIOSO NA ZONA RURAL DE LEOPOLDINA.
outubro 12, 2017
AMPAR 24 HORAS EFETUA RESSARCIMENTO A ASSOCIADO EM MAR DE ESPANHA .
outubro 13, 2017
Exibir tudo

DIVIDINDO OPINIÕES E SEM ECONOMIZAR ENERGIA, DOMINGO COMEÇA O HORÁRIO DE VERÃO.

Neste domingo, 15/10 á zero hora começa o Horário Brasileiro de Verão .Os relógios  deverão ser adiantados em uma hora em 10 estados brasileiros, incluindo Minas Gerais, além do Distrito Federal. A medida permanecerá em vigor até dia 17 de fevereiro.

O horário foi adotado pela primeira vez em 1931, e desde 1985 passou a ser praticado anualmente.Estudos realizados em 2017 pelo Ministério de Minas e Energia concluíram que o horário de verão já não resulta em economia de energia significativa como ocorria no início de sua implantação, bem como não tem relação direta com uma eventual redução de consumo. Isto porque, segundo os técnicos do setor, o consumidor adquiriu novos hábitos que mudaram o perfil de consumo no país.A prática adotada também divide opiniões. Parte da população se adapta bem ao novo horário mas outra parte tem resistência principalmente ao fato do dia ficar mais longo causando reflexos no de sono e também no organismo de pessoas que não conseguem se readaptar mais facilmente.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e vigora até 18 de fevereiro do ano que vem.

Com isso, o horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia fica duas horas atrasado em relação ao de Brasília, enquanto oeste do Amazonas e Acre ficam três horas atrás.

Com base nesses resultados o governo considerou a possibilidade de cancelar a medida neste ano, porém, alegou não ter tido tempo hábil para a realização de uma consulta pública e a decisão de manter o horário para este ano foi mantida pelo presidente Michel Temer. O horário de Verão, no entanto, poderá não ser adotado a partir de 2018, até porque sua implantação sempre dividiu os brasileiros. Aliado a isso, o próximo ano é de eleições e a medida seria simpática ao eleitor.

FONTE : G1 E RÁDIO MURIAÉ.

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!