“UNIDOS PELA DOR” : COMERCIANTES DE S.J.NEPOMUCENO SE MOBILIZAM POR MAIS SEGURANÇA.

HOMEM É PRESO E TEM VEÍCULO APREENDIDO APÓS TENTAR FUGIR DA P.M. EM S.J.NEPOMUCENO.
agosto 23, 2017
HOMEM É PRESO DENTRO DO CEMITÉRIO COM GARRUCHA PRÓXIMO A TÚMULO EM RIO NOVO .
agosto 24, 2017
Exibir tudo

“UNIDOS PELA DOR” : COMERCIANTES DE S.J.NEPOMUCENO SE MOBILIZAM POR MAIS SEGURANÇA.

Aconteceu ás 19:00 horas desta quarta-feira 23/08 no Museu Municipal de São João Nepomuceno um reunião organizada pelos comerciantes e liderada por Rogério Hércules de Oliveira , com intuito de mobilização , organização e ação por parte da classe que tem sido alvo constante de furtos e assaltos nos últimos tempos. A reunião contou com o apoio da Associação Comercial de S.J.Nepomuceno e presença de mais de 100 pessoas, dentre elas comerciantes , advogados, vereadores e imprensa. Abrindo os trabalhos o idealizador da reunião Rogério , argumentou sobre a necessidade de serem formuladas propostas concretas para serem levadas e cobradas suas execuções junto ao Poder Público Municipal, e outros órgãos inerentes. Logo após ele deixou a palavra livre pra que quisesse fazer uso da mesma .

Mazinho Mauad : Foi o primeiro a fazer uso do microfone e explanou sobre sua constatação que de alguns anos para cá , o número de clientes de seu estabelecimento (Kibe Mauad) vem reduzindo e a causa principal seria a preocupação dos clientes com o horário já avançado de irem embora por não se sentirem seguros .Na sua opinião , a instalação de câmeras de segurança de alta definição em parceria com a administração municipal, Polícia Militar e Polícia Civil seria uma forma de estar mais protegido e segundo ele, esta atitude na cidade de Juiz de Fora alcançou êxito diminuindo em cerca de 40% as ocorrências de furtos e assaltos.

Vereador Nei Medina : Falou sobre seu projeto que tramita já na Câmara Municipal desde março do corrente ano , em que sugere o sistema de câmeras em parceria com a empresa de distribuição de energia elétrica e uma guarda específica presente a princípio podendo até mesmo serem utilizados para tal ex- policiais já reformados .

Sugere também que as empresas especializadas neste sistema de monitoramento na cidade tenham prioridade de contratação para prestação deste tipo de serviço.

SEBASTIÃO FERRAZ  e LÉO LOUZADA :  O proprietário da Agro Lar descreveu sua experiência traumática ao ser abordado e sofrido, juntamente com sua esposa, uma tentativa de assalto quando chegava á sua residência á noite em meados do mês de maio deste ano . Defendeu a fixação do Promotor de Justiça na cidade, com a obrigatoriedade do mesmo manter residência na própria cidade. Léo Louzada , um dos proprietários da Louzada Panificação praticamente acompanhou o depoimento de Sebastião, lembrando também que o seu estabelecimento também já fora alvo de criminosos.

VEREADOR ÍRIO HENRIQUES : Discursou sobre seu empenho para contribuir com os comerciantes  e relatou sobre algumas ocorrências que vem acontecendo na cidade , inclusive um roubo que acontecera momentos antes da reunião em via pública , das dificuldades de se combater a criminalidade e relatou ainda que sente na pele a apreensão de todos por ter que se deslocar ainda nas primeiras horas da manhã para o trabalho e se colocou á disposição de todos.

ÁLVARO DO CARMO:  O proprietário las Lojas C&S usou o termo ” Unidos pela Dor ” para definir sua insatisfação pela situação atual e satisfação pelo número de presentes que,segundo seu depoimento, jamais viu, mesmo quando era presidente da Associação Comercial .Segundo o mesmo sem corporativismo e associativismo nada será possível.

DR. HELIR CAMPOS RODRIGUES : O advogado e proprietário do Jornal VOZ DE SÃO JOÃO, defendeu o retorno da Cadeia Pública nos moldes da instalada na cidade de Bicas e o melhor aparelhamento das Polícias Civil e Militar . Doações de computadores , impressoras mais modernos , aquisição de serviços como de internet de qualidade e outras melhorias como assessórios, combustíveis etc , para suprir as deficiências atuais devido aos poucos recursos oriundos do Estado de Minas Gerais. Estas melhorias seriam convertidas rapidamente em benefícios para a própria sociedade. Dr. Helir citou ainda o fato de ter ciência de que as viaturas utilizadas pela Polícia Civil teriam ainda a dificuldade de terem por convênio pelo Estado de de se deslocarem até Juiz de Fora para abastecerem .

OUTROS DISCURSOS :  Houveram outros discursos como o do Presidente da Associação Comercial de São João Nepomuceno , Sr. Leonardo Marchiori que apoiou a iniciativa dos comerciantes e prestou solidariedade afirmando estar junto nesta empreitada e outros empresários . Foi citada também a ideia de criarem um novo grupo de whatsapp com novo formato que atenda de forma mais efetiva as necessidades dos empresários mantendo porém o grupo atual ligado á Polícia Militar .

LEONARDO OLIVEIRA DUTRA  : O encarregado do setor de transporte da atual administração municipal discordou do empresário Álvaro do Carmo na questão da presença de comerciantes . Na sua visão , esperava ver o Museu Municipal com maior presença de público devido aos últimos acontecimentos. Informou também que a administração atual em janeiro renovou os convênios com a Polícia Civil e Polícia Militar e atualizou a informação dada pelo DR. Helir , dizendo que as viaturas estão abastecendo já na cidade de São joão Nepomuceno. Segundo o mesmo , a administração municipal está atenta e aguarda receber as propostas oriundas dos comerciantes .

NO final da reunião , decidiu-se pela criação de uma comissão que deverá coordenar todos os trabalhos inerentes ás propostas . Nova reunião marcada para próxima quarta-feira (30/08) onde será apresentada para aprovação de todos a proposta oficial para ser encaminhada á administração municipal.

REPORTAGEM : KADU FONTANA

 

Kadu Fontana
Kadu Fontana
Jornalista registrado no MTE desde 2014 , radialista, e proprietário do Portal RKF. www.instagram.com/kadufontana/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!